Mantenedora

Abeas

Associação Beneditina de Educação e Assistência Social –  ABEAS - anteriormente denominada  Sociedade de Educação e Caridade, Instituição concebida, orientada e administrada pela Congregação das Irmãs Beneditinas da Divina Providência, com a finalidade específica de acolher, assistir e educar a criança, o adolescente e o jovem, integrada numa única Sociedade Civil, com sede à rua Florianópolis nº 270, Vila Santa Tereza, no município de Santo André, Estado de São Paulo,  mantenedora do Instituto “São Pio X”.



MISSÃO

Confiante na Divina Providência a ABEAS tem como missão: Acolher, Assistir e Educar a criança, o adolescente e o jovem por meio da formação integral, humanista e cristã; proteger e amparar o idoso, primando pela qualidade e excelência das tarefas que essa missão exige.

Para realizar sua missão fiel à identidade de escola católica, os educadores desenvolvem nos educandos os valores da Filosofia Cristã Católica, preparando cidadãos que possam integrar na sociedade moderna e sejam capazes de viver com autonomia a prática educativa pautada nos valores: fé, cultura e vida.

Através da vivência desses valores, o processo ensino-aprendizagem na Educação Beneditina resulta da ação do educador e do educando. Essa ação gera possibilidades, habilidades, potencialidades e capacidades de busca e mobilização, sendo medida pela intervenção do educador, favorecendo o pluralismo de ideias e concepções pedagógicas, favorecendo o aprendizado para:

• dialogar com a comunidade;
• aprender a respeitar e ser respeitado;
• ouvir e ser ouvido;
• reivindicar direitos e cumprir obrigações;
• participar ativamente da vida científica, plural, social e política do país e do mundo.

Esses objetivos estão em sintonia com as quatro premissas apontadas no Relatório da Comissão Internacional sobre educação para o século XXI, da UNESCO, a saber;

• aprender a aprender;
• aprender a fazer;
• aprender a conviver;
• aprender a ser.

VISÃO

Até 2020, a ABEAS quer ser reconhecida nacionalmente por suas ações educativas e sociais; evoluir continuamente a qualificação docente e técnico-administrativo; alcançar a excelência nas avaliações em âmbito nacional; expandir a rede de escolas; ampliar as obras assistenciais.

VALORES

São valores imprescindíveis: a crença em Deus, na família e na dignidade humana; honestidade, solidariedade e paz; a partilha de bens e saber com todos; a liberdade de aprender, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; o respeito à liberdade e apreço à tolerância e ao perdão.