• Calendario
  •   São Paulo,    

Momento de Sabedoria

História dos Santos Juninos



O Mês de junho chegou trazendo festa junina que é uma delícia!!! Além de comidas e brincadeiras típicas, a comemoração é uma tradição católica em que são celebrados os dias de São João, Santo Antônio e São Pedro. Conheça a história de cada um:

Festa Junina: origem e tradição

Comemorar o mês de junho é um hábito antigo em várias partes do mundo. Antes do nascimento de Jesus, os povos pagãos do Hemisfério Norte celebravam o solstício de verão, o dia mais longo e a noite mais curta do ano, que, lá, acontece em junho. As festas ocorriam para pedir aos deuses a fertilidade da terra e garantir boas colheitas nos meses seguintes. Com o avanço do Cristianismo, a Igreja incorporou a tradição e, no século 6, os ritos da festa do dia do solstício, em 21 de junho, passaram para o dia do nascimento de São João Batista, em 24 de junho. Mais tarde, no século 13, foram incluídas no calendário litúrgico as datas comemorativas de Santo Antônio (dia 13) e São Pedro (dia 29). É por isso que esses três santos são os padroeiros das festas juninas!
São Paulo (dia 29) apesar de ser comemorado também do mês de junho, não é considerado um santo dos festejos juninos, mas o apóstolo dos gentios, foi perseguidor que se transformou no grande pregador. Fundador de muitas das primeiras comunidades cristãs, Paulo dirigiu a elas muitas Cartas, das quais quatorze são consideradas “canônicas” e fazem parte do Novo Testamento. Suas Cartas são as mais lidas de todos os tempos. Dele São Jerônimo disse: “Jamais o mundo verá outro homem da envergadura de São Paulo”. Nasce em Tarso. Romano por nascimento, judeu de raça e de religião, fariseu zeloso com sólida formação na escola de Gamaliel. Sua conversão aconteceu às portas de Damasco e sua queda do cavalo passou a ser símbolo de toda conversão (At. 9, 4)

Conheça mais sobre os santos de junho

 

 

 

Santo Antônio - 13 de junho

Nascido em uma família de alta nobreza, recebeu o nome de Fernando e teve uma boa educação religiosa. Iria seguir carreira militar, mas resolveu refugiar-se num convento, em Coimbra, e ordenou-se sacerdote em 1220. Tornou-se, então, missionário na África. Entrou para a ordem Franciscana e adotou o nome de Antônio. Faleceu aos 36 anos, em 13 de junho de 1231, na aldeia de Arcela. Lá foi construído um grandioso templo em homenagem ao santo, onde se conservam várias de suas relíquias, inclusive sua língua. Foi proclamado Doutor da Igreja em 1946, pelo Papa Pio XII.
Um de seus mais famosos feitos se deu quando, pregando e Pádua, foi avisado de que seu pai estava sendo injustamente condenado à forca, em Lisboa. Milagrosamente, Santo Antônio desdobrou-se e salvou seu pai em Lisboa ao mesmo tempo em que fazia seu sermão em Pádua. Em pensamento, fez com que o cadáver do assassinado negasse, por meio de um aceno de mão, a culpa de seu pai.

São João - 24 de junho

São João Batista, chamado de o “homem enviado por Deus”, era um profeta eremita, mártir e primo de Jesus. Pregava nas margens do Rio Jordão e, lá, fez o batismo de Cristo. João era precursor do Messias e, diz a lenda, que nasceu sem pecado, sendo santificado ainda no útero de sua mãe. É protetor dos casados e enfermos, protegendo contra dor de cabeça e de garganta.
São João é o padroeiro da Amizade.

São Pedro - 29 de junho

São Pedro foi o primeiro Papa, líder dos apóstolos e fundador da Santa Sé de Roma, junto com São Paulo. Ele sempre foi mencionado como o primeiro apóstolo em todas as passagens do Novo Testamento e estava ao lado de Cristo, ajudando-O a organizar a Última Ceia. Foi Pedro que negou Jesus três vezes e o primeiro a vê-Lo depois de ressuscitado. O Santo foi o instrumento para levar as palavras do Evangelho às pessoas e a fazer milagres em nome do Senhor.




Momento de Sabedoria anteriores:

 

- Canção Óbvia

- Quando me amei de verdade

- Campanha da Fraternidade 2017

- Hoje é outro dia

- Um Ano Novo com a Esperança Renovada

- Eu aprendi

- História do Outubro Rosa

- Por que setembro é o mês da Bíblia?

- A Minha Família é a Minha Casa

- Dia 20 de julho – Dia da Amizade

- Junho: Festa Junina

- Maio: Este é um mês especial, mês dedicado às mães.

- Prevenção contra Aedes aegypti

- Mensagem do Páscoa

- Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2016

- Oração do Papa Francisco para o Jubileu Extraordinário da Misericórdia

- Mensagem de Natal pelo Papa Francisco - 14 de novembro – Dia Nacional da Alfabetização

- As 17 Metas Globais

- Setembro, mês da Bíblia

- Agosto, mês das Vocações no Brasil

- Papa às crianças: Não deixem de sonhar

- Semana Santa - 2015

- ...Recomeçar...

- Os Santos Juninos

- Maria – A bem aventurada!

- Leitura

- Brincadeiras na Educação Infantil

- Bicentenário do nascimento de Madre Maria Schiapparoli

- Escolhas

- "Atividades Esportivas e a Competição”

- A criatividade como um processo psíquico

- Um Chamado de Amor

- A arte de ensinar a juventude

- Os jovens e os perigos das redes sociais

- Instituto “São Pio X”: 50 anos de dedicação a educação e promoção da vida

- O Natal de Jesus

- Saúde e Qualidade de Vida!

- Crianças! Esses seres incríveis!

- Doação, Amor, Solidariedade, Politica Educacional

- Família e Escola: Aliados

- Indisciplina em sala de aula – Tem solução?

- Santo Antônio

- Páscoa da Ressurreição, Festa da Alegria

- 2012, tempo de construir, criar forças e superar com sucesso

- Memória

- Mãe

- Alegra-te: Cristo ressuscitou!

- Um novo ano, uma nova atitude

- E só restarão as lembranças...

- Natal: Cristo Eterno em Nossos Corações

- A morte já não mata mais, perdeu o seu aguilhão fatal na luta que travou

- O Valor da Sabedoria

- Agosto ... mês das vocações

- Ler é ... só alegria!

- A Educação Física na Condução da Reflexão Crítica e do Bem Estar

- Educando nossa juventude

- Ressurreição

- Amor, laço da perfeição

- A criança e o aprendizado de uma língua estrangeira

- Celebrar com Devoção

- Um Natal de Luz - A Festa do Amor e da Familia

- Sono e Aprendizagem

- A importância do Brincar – O Lúdico na Educação