• Calendario
  •   São Paulo,    

Momento de Sabedoria

Sono e Aprendizagem

Momento Sabedoria ISPXA aprendizagem é uma atividade cognitiva, ocorre a partir da consolidação da memória e o sono tem importância fundamental nesse processo.

Precisamos compreender o fenômeno do sono em seus diversos aspectos e os procedimentos científicos para buscar soluções para seus distúrbios, visando alcançar um rendimento satisfatório nas atividades diárias. Na vida diária, o sono interfere no humor, na memória, atenção, nos registros sensoriais, no raciocínio, enfim nos aspectos cognitivos que relacionam uma pessoa ao seu ambiente. Alterações no sono determinam má qualidade ao desempenho e interferem na saúde às vezes, de forma muito grave.

A quantidade e a qualidade do sono se alteram com a idade. Quando há distúrbios, precisam ser reconhecidos para permitir o atendimento preventivo ou o tratamento precoce.

“O sono não é um estado homogêneo: são dois estados distintos de sono. Ocorrem movimentos rápidos dos olhos (Rapid Eye Movement – REM) durante uma parte do sono, sendo este chamado de sono REM. Ele ocupa apenas 20 % do tempo total de sono (TTS) de um adulto o restante é chamado de sono NREM (Não REM). “ O sono é uma atividade especial, gerada por regiões específicas do cérebro, de ocorrência cíclicas, que se alternam para o equilíbrio da vida. O sono é iniciado pelo estado NREM e o estado NREM e REM se alternam. O estagiamento do sono é realizado pelo registro de ondas cerebrais que acontecem em suas diversas fases.

Passamos quase um terço da vida dormindo. A quantidade de vida, a saúde e a longevidade podem depender de boas noites de sono, porque nesse período as proteínas são sintetizadas com o objetivo de manter ou expandir as redes neuronais ligadas á memória e ao aprendizado.

No cérebro, acontece o comando da produção e liberação de hormônios que interferem no bem estar e são responsáveis por um sono tranqüilo.

É importante cuidar do sono desde o início da vida, na fase da complexa modelagem e adaptação que transformam cada individuo, com suas possibilidades ilimitadas e subjetivas, combinando experiências com as características próprias.

Os conteúdos dos sonhos, que escapam à críticas e à capacidade reflexiva, são representações das experiências vividas e se manifestam nos eventos oníricos, ilusões, alucinações e inspirações artísticas. Assim, o sono não é um período passivo, desnecessário. É o momento em que há uma elaboração inconsciente da personalidade, por meio dos estímulos subliminares e todos os que a mente consciente não controla nessa fase.

Os distúrbios de sono são comuns em crianças e variam conforme a idade, podendo se manifestar como despertares noturnos, como terror noturno na idade escolar e como insônia e sonambulismo no adolescente. Alterações respiratórias ou distúrbios neurológicos preexistentes podem ser a causa de fragmentação do sono, assim como outras manifestações: bruxismo, sonilóquio, sonambulismo, epilepsia ou enurese noturna.

Os distúrbios do sono na população de acordo com as faixas etárias, gênero e classe socio-econômico, o Questionário do Sono (QRL) é um instrumento que permite realizar esses estudos, conforme tem sido feito em relação a inúmeros distúrbios infantis, como sonambulismo, terror noturno, bruxismo durante o sono, jacta tio capitis nocturnu, enurese e pesadelos.

Utilizando este questionário em crianças escolares, consideradas normais, de três a dez anos, entre inúmeras conclusões, foi possível apontar pouca quantidade têm muitas vezes baixo rendimento escolar.

O QRL aborda os diversos distúrbios de sono da infância e levanta dados detalhados que são observados pelos pais e familiares próximos. O questionário classifica os sintomas pela intensidade de sua freqüência e relaciona os comportamentos diários, os hábitos familiares e as tarefas infantis.

Buscando contribuir para levantar as principais queixas relativas ao sono em escolares de 6 a 9 anos, utilizou-se o referencial teórico relacionado aos itens do QLR, que tem como objetivo detecção e freqüência dos distúrbios do sono infantil em geral.
O QRL foi aplicado em 258 crianças na faixa entre 6 e 9 anos de idade, em cinco escolas de primeiro grau, sendo 4 da rede particular de ensino e uma da rede pública , da cidade de Poços de Caldas, a saber: Escola A – 33 crianças; Escola B – 54 crianças; Escola C – 72 crianças; Escola D - 60 crianças e Escola E – 39 crianças; verificou -se que, em geral, os pais não estão informados sobre os distúrbios do sono e não procuram orientação de profissionais especializados (apenas 4,2% dos pais já procuraram atendimento para o sono do filho).


A quantidade e a qualidade do sono se alteram com a idade. Quando há distúrbios, precisam ser reconhecidos para permitir o atendimento preventivo ou o tratamento precoce...


Apenas 13 crianças foram apontadas como agressivas entre as 258 avaliadas, e a maioria dos familiares não relata dificuldade quanto a relacionamentos. Em geral, nessa idade, as crianças preferem os pares do mesmo gênero e idade semelhante. Mais freqüentes foram as queixas de comportamento ligadas à ansiedade, principalmente roer unhas (21,3%). Houve um número significativo de características presentes nos distúrbios do sono: agitação na cama (53%). fala dormindo (39,9%), ranger os dentes (36,4%), sentar-se ou andar dormindo (22%), ter sonhos ruins e medo (47,6%) ou roncar (24,8 %). Algumas crianças ainda urinavam à noite (6,5%). Muitos dos analisados não acordavam espontaneamente pela manhã (57,3%) e os pais afirmaram que os filhos dormiriam até mais tarde todos os dias se pudessem (37,9 %), mas, em geral, os pais não consideram que a sonolência atrapalhava os filhos em suas atividades e as dificuldades foram atribuídas a outros fatores. Durante a noite, 48,4% das crianças acordavam alguma vez.

Os distúrbios de movimentos do sono são manifestações do sistema nervoso motor e/ ou neurovegetativo, e ocorrem durante o sono ou na transição sono-vigília. Em geral, não têm base orgânica e são de reduzida intensidade, além de transitórios. Os distúrbios de movimentos relacionados ao sono costumam ocorrer no período inicial do sono, têm inicio após o primeiro ano de vida, são intermitentes e tendem a diminuir com o decorrer da idade. Existe um histórico familiar positivo, mas sem alteração orgânica ou metabólica associada.

Algumas desordens da vigília e do sono:

» Sonolência-desejo de permanecer dormindo.

» Insônia – demora muito para adormecer ou acorda durante a noite. Muitas vezes esse sintoma não é percebido por falta de avaliação especializada.

» Bruxismo – distúrbio de movimento rítmico e repetitivo dos músculos de mastigação durante o sono, sendo originado por fatores sistêmicos, psicológicos, ocupacionais (hábitos de morder objetos, lápis) e oclusão.

» Sonambulismo – falar, andar ou executar alguma atividade durante o sono. O sonambulismo pode ser acompanhado de outros distúrbios: Enurese (urinar quando está dormindo). Terror Noturno e Solilóquio (falar dormindo).

» Pesadelos – ocorrem na fase do sono REM, sendo assim, realmente um sono de angústia, ao contrário do terror noturno, quando os registros polissonográficos mostram que a atividade autonômica é muito maior , ou seja uma descarga psíquica pobre em representação imaginária.

» Terror noturno- grito de terror sem motivo, acompanhado por intensa descarga autonômica, frequentemente associada a atividade motora estereotipada e repetida.

» Ronco – ocorre com a respiração bucal. O ronco evolui em distúrbios obstrutivos respiratórios do sono, como a apnéia do sono .

» Enurese Noturna- incontinência urinária noturna. A incidência diminui progressivamente na infância, sendo que aos seis anos de idade apenas 5 % das crianças apresentam. Enfim, são muito relevantes os estudos em Medicinas do Sono, em sua atuação interdisciplinar, em função da interferência do sono no aprendizado, desempenho e satisfação, em geral. Os hábitos de dormir variam na infância, que necessita de um período mais longo de repouso do que os adultos e as influências culturais determinam as expectativas em relação ao horário das atividades diárias.

» A família e a escola são sistemas sociais importantes para a promoção do desenvolvimento do caráter e das competências humanas. As experiências vivenciadas determinam a quantidade do desenvolvimento mental infantil e provocam o próximo estágio de organização organismo- ambiente.

» Para que as crianças desenvolvam hábitos envolvendo as questões relativas à higiene do sono, pais e educadores devem conhecer e valorizar a necessidade de um sono satisfatório para o desenvolvimento, adaptação e aprendizagem do jovem estudante. É necessário intervir precocemente diagnosticar as situações de crises, responsáveis pelo comprometimento do sono, orientar as famílias sobre a higiene do sono porque essas situações interferem diretamente na qualidade de vida desde a infância.

Profª Ieda - Artes

Momento de Sabedoria anteriores:

 

- À Descoberta do Amor

- Não sei quantas almas tenho

- Canção Óbvia

- Quando me amei de verdade

- Campanha da Fraternidade 2017

- Hoje é outro dia

- Um Ano Novo com a Esperança Renovada

- Eu aprendi

- História do Outubro Rosa

- Por que setembro é o mês da Bíblia?

- A Minha Família é a Minha Casa

- Dia 20 de julho – Dia da Amizade

- Junho: Festa Junina

- Maio: Este é um mês especial, mês dedicado às mães.

- Prevenção contra Aedes aegypti

- Mensagem do Páscoa

- Mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2016

- Oração do Papa Francisco para o Jubileu Extraordinário da Misericórdia

- Mensagem de Natal pelo Papa Francisco - 14 de novembro – Dia Nacional da Alfabetização

- As 17 Metas Globais

- Setembro, mês da Bíblia

- Agosto, mês das Vocações no Brasil

- Papa às crianças: Não deixem de sonhar

- Semana Santa - 2015

- ...Recomeçar...

- Os Santos Juninos

- Maria – A bem aventurada!

- Leitura

- Brincadeiras na Educação Infantil

- Bicentenário do nascimento de Madre Maria Schiapparoli

- Escolhas

- "Atividades Esportivas e a Competição”

- A criatividade como um processo psíquico

- Um Chamado de Amor

- A arte de ensinar a juventude

- Os jovens e os perigos das redes sociais

- Instituto “São Pio X”: 50 anos de dedicação a educação e promoção da vida

- O Natal de Jesus

- Saúde e Qualidade de Vida!

- Crianças! Esses seres incríveis!

- Doação, Amor, Solidariedade, Politica Educacional

- Família e Escola: Aliados

- Indisciplina em sala de aula – Tem solução?

- Santo Antônio

- Páscoa da Ressurreição, Festa da Alegria

- 2012, tempo de construir, criar forças e superar com sucesso

- Memória

- Mãe

- Alegra-te: Cristo ressuscitou!

- Um novo ano, uma nova atitude

- E só restarão as lembranças...

- Natal: Cristo Eterno em Nossos Corações

- A morte já não mata mais, perdeu o seu aguilhão fatal na luta que travou

- O Valor da Sabedoria

- Agosto ... mês das vocações

- Ler é ... só alegria!

- A Educação Física na Condução da Reflexão Crítica e do Bem Estar

- Educando nossa juventude

- Ressurreição

- Amor, laço da perfeição

- A criança e o aprendizado de uma língua estrangeira

- Celebrar com Devoção

- Um Natal de Luz - A Festa do Amor e da Familia

- Sono e Aprendizagem

- A importância do Brincar – O Lúdico na Educação